logo_desktop
CONHEÇA O GRUPO O Grupo
  • Acessibilidade
  • A
  • A
  • A
  • Portal Educacional
Portal Educacional

O que está procurando?

Buscar

Conheça o grupo

Faça o Login

Usuário
Senha

Dia do Fonoaudiólogo

09/12/2020 às 09h02min

Hoje, Dia do Fonoaudiólogo, conversamos com a professora Amanda Leite da Silva Cabral, para homenagear todos os profissionais e acadêmicos de fonoaudiologia.

Amanda nasceu em Porto Velho, teve uma infância simples, com pais que sempre a incentivavam a se dedicar aos estudos. Sempre acreditou que a educação poderia mudar a condição social de sua vida e de sua família.

Se graduou em Fonoaudiologia pelo Centro Universitário Aparício Carvalho – FIMCA. Se especializou em Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família pelo Centro Universitário Internacional – UNINTER, Fonoaudiologia Hospitalar e Disfagias Orofaríngeas pelo Centro de Especialização em Fonoaudiologia – CEFAC/RO. Atualmente é Fonoaudióloga Clínica, docente e coordenadora de estágio do curso de Fonoaudiologia no Centro Universitário Aparício Carvalho – FIMCA. Proprietária do C’FOR – Centro de Formação em Saúde.

Confira:

Centro Universitário: Porque escolheu a graduação em Fonoaudiologia?

Amanda: Posso dizer que a Fonoaudiologia me escolheu. Fui uma aluna bolsista e coloquei a Fonoaudiologia como terceira opção, na época não conhecia a profissão, e ela acabou me escolhendo.

Centro Universitário: Conte-nos como iniciou sua carreira profissional? Sempre sonhou em ser Fonoaudiólogo?

Amanda: Não fazia ideia do que a Fonoaudiologia fazia, mas conforme fui conhecendo a profissão na graduação, fui me encantando e me apaixonando cada vez mais pela profissão. Cada professor que passa por mim, cada colega de sala e cada paciente e seus familiares, fiz crescer um amor e uma admiração imensa pela profissão.

Sobre o início da carreira, sempre fui uma aluna muito dedicada e envolvida nas atividades acadêmicas, então quando sai da graduação já tinha proposta de trabalho em uma clínica multidisciplinar, pois as proprietárias da clínica já viam meu empenho na profissão. Foi nessa clínica que fiz o meu nome e atuei por 2 anos e 3 meses. Com aproximadamente 6 meses de formação também recebi a proposta para entrar na equipe do curso de Fonoaudiologia do Centro Universitário Fimca. Estou na instituição até hoje, e aqui ajudo meus futuros colegas de profissão (meus alunos) a seguirem firmes, com conhecimentos técnico científico e humanizado, na nossa profissão.

Centro Universitário: Você está realizado na sua área de atuação?

Amanda: Me sinto muito realizada e não me imagino fazendo outra coisa na vida. Atuo como Fonoaudióloga desde meu primeiro dia de formada.

Centro Universitário: Uma mensagem para os acadêmicos de Fonoaudiologia?

Amanda: Guerreiros sigam firmes, nossa profissão é muito honrada, temos o privilégio de entrar na vida de muitas pessoas e de fazermos a diferença. Nós devolvemos sonhos, nós devolvemos esperança. Sigam firmes porque vai dá certo!

 

Fonte: Ascom

Deixe o Seu Comentário

Publicações relacionadas