logo_desktop
CONHEÇA O GRUPO O Grupo
  • Acessibilidade
  • A
  • A
  • A
  • Portal Educacional
Portal Educacional

O que está procurando?

Buscar

Conheça o grupo

Faça o Login

Usuário
Senha

Dia do Terapeuta Ocupacional

13/10/2020 às 10h09min

Hoje comemoramos o Dia do Terapeuta Ocupacional, uma profissão que promove prevenção, tratamento e reabilitação de pacientes portadores de alterações cognitivas, afetivas, perceptivas e psico-motoras. E para homenagear esta classe de profissionais tão comprometidos com a vida humana, confira a entrevista que fizemos com a professora Elisete Maria da Silva Moreira, coordenadora do Curso de Terapia Ocupacional da Fimca que nos contou sua trajetória profissional.

Elisete ingressou no Centro Universitário Aparício Carvalho em 2011 para cursar Terapia Ocupacional. Em seguida fez pós-graduação em Saúde Pública com Ênfase em PSF. Atualmente está como coordenadora, preceptora e docente no curso de Terapia Ocupacional da instituição.

Centro Universitário: Porque escolheu graduação em Terapia Ocupacional?

Elisete: Eu conhecia um pouco da intervenção de terapia ocupacional por experiência pessoal e admirava muito a profissão, mas tinha uma visão limitada das diversas oportunidades de atuação.  Quando ouvi comentários que a FIMCA estava ofertando o curso fiquei muito interessada e iniciei na faculdade. No decorrer da faculdade comecei a perceber a dimensão da profissão e as diversas áreas e campos que o TO pode atuar.

Centro Universitário: Como iniciou sua carreira profissional?

Elisete: Durante a graduação a cada semestre a paixão aumentava e fui mergulhando no universo dos transtornos mentais, patologias que limitam a ocupação humana, conhecendo melhor o mundo das pessoas que vivem em vulnerabilidade social, crianças com dificuldade de aprendizagem escolar e para realizar as atividades cotidianas, enfim, não restando dúvida de que eu realmente queria ser Terapeuta Ocupacional. Fiz pós-graduação e logo em seguida fui selecionada para preceptoria de estágios, depois vieram as aulas e coordenação de curso. Tenho orgulho em dizer que sou filha do Centro Universitário Aparício Carvalho.

Centro Universitário: Você se sente realizada na sua área de atuação?

Elisete: Sim, com certeza. O Terapeuta Ocupacional é um profissional que tem uma visão holística do indivíduo, ou seja, enxergamos o indivíduo como um todo e não valorizamos suas dificuldades, mas sim buscamos aperfeiçoar seus potenciais. Além de uma remuneração satisfatória, a profissão nos proporciona a oportunidade de ver uma pessoa totalmente dependente de seus cuidadores na execução das atividades de vida diária, aos poucos ganhar independência e qualidade de vida por meio das nossas intervenções. Isso não tem preço.

Centro Universitário: Deixe uma mensagem para os nossos acadêmicos que em breve serão Terapeuta Ocupacional.

Elizete: Aos futuros profissionais em Terapia Ocupacional, deixo aqui meu recado, para que tenham o sentimento de pertencimento da profissão, procurando sempre investir na educação continuada, porque com certeza o mercado de trabalho a nível Brasil está de portas abertas para receber este profissional. E aproveito a oportunidade para parabenizar todos os profissionais Terapeutas Ocupacionais.

 

Fonte: Ascom

Deixe o Seu Comentário

Publicações relacionadas